Get Adobe Flash player
001_Postal
002_Postal
003_Postal
004_Postal
01 (2)
01
04
05
06 (2)
06
07 (2)
07
08
09
10
11
12 (2)
12
13
14
15
18
20
21
23
23042009069
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
38
39
40
41
42
43
44
45
A-Descri��o Ilha de Mo�ambique
B-Postal Ilha de Mo�ambique
C-Ilha de Mo�ambique
D-Ilha de Mo�ambique
E-Ilha de Mo�ambique
F-Ilha de Mo�ambique
G-Ilha de Mo�ambique
Gorongosa3b
H-Ilha de Mo�ambique
I-Ilha de Mo�ambique
J-Ilha de Mo�ambique
K-Fazenda Muchelia
L-Fazenda Muchelia
M-Fazenda Muchelia
N-Fazenda Muchelia
O-Fazenda Muchelia
P-Fazenda Muchelia
Q-Fazenda Muchelia
R-Fazenda Muchelia
S-Fazenda Muchelia
T-Fazenda Muchelia
U-Fazenda Muchelia
V-Reformados da fazenda
X-A caminho da fazenda
Z- A caminho da fazenda
ZAA- Chegada a Nampula
ZAB-Viagem Nampula-Ilha
ZAC-Viagem Nampula-Ilha
ZAD-Viagem Nampula-Ilha
ZAE-Viagem Nampula-Ilha
ZAF-Viagem Nampula-Ilha
ZAG-Viagem Nampula-Ilha
Eventos APM

Novas iniciativas da APM brevemente!

Donativos

Para promover o desenvolvimento cultural, cívico, económico e social de ambos os povos português e moçambicano torna-se necessário o seu contributo, o seu donativo, seja benemérito, apoie esta Associação transfira o seu valor pequeníssimo que seja, para as contas abaixo indicadas e dê-nos, se assim o entender, os seus elementos identificativos.

Banco Espírito Santo(BES)

 

NIB

 

0007 0404 00133490007 85

 
Ficha de Inscrição

Ficha de Inscrição para Sócios

Download versão docx

Download versão Word97/2003

    
Inicio

postheadericon Notícias

postheadericon Cooperação entre Moçambique e Cabo Verde

Os governos de Moçambique e Cabo Verde decidiram em Maputo, instituir "consultas políticas ao mais alto nível" para impulsionar as relações económicas e empresariais entre os dois países. A decisão foi tomada durante as conversações entre os Presidentes moçambicano, Armando Guebuza, e cabo-verdiano, Pedro Pires, no âmbito da visita de Estado que o Presidente de Cabo Verde realiza a Moçambique. Falando na conferência de imprensa que se seguiu ao encontro entre Guebuza e Pires, o ministro dos Negócios Estrangeiros moçambicano, Oldemiro Baloi, afirmou que "a grande preocupação dos dois países é como fazer com que as relações económicas se aproximem o máximo possível das relações políticas"."Para isso foi proposta e acordada a passagem das comissões mistas para um nível mais alto de consultas, as chamadas consultas políticas, para permitir que a cooperação na área económica seja mais expedida e mais eficaz", disse. Também com o objectivo de dinamizar as relações económicas bilaterais, os dois governos decidiram estimular a troca de missões empresariais e incentivar a cooperação no setor do mercado de capitais, nomeadamente através das bolsas de valores dos dois países, assinalou Oldemiro Baloi. Na mesma ocasião, Sidónio Monteiro, ministro adjunto do Primeiro-ministro cabo-verdiano, manifestou "satisfação" com a elevação do diálogo por via das comissões mistas para o nível de consultas políticas, prevendo que esse passo vai aprofundar as relações económicas e financeiras. "As relações económicas e financeiras não têm tido o mesmo nível que as relações político-diplomáticas e registamos com muita satisfação o entendimento para a instituição de consultas políticas ao mais alto nível", sublinhou Sidónio Monteiro. Os dois governos assinaram também hoje um acordo para a cooperação na área da ciência e tecnologia, para intercâmbio no domínio da formação de recursos humanos e investigação.  

 

Fonte: Noticias Lusófonas

 

postheadericon Voo directo de Addis Abeba para Maputo a partir de Dezembro

A companhia aérea etíope, Ethiopian Airlines (EAL), inaugura a partir de 1 de Dezembro um voo directo de Addis Abeba para a capital moçambicana, Maputo. A Ethiopian Airlines voará para Maputo três vezes por semana, segundo o portal etíope de notícias nazret.com. Na mesma data a companhia aérea inaugura também a ligação para Bangui, na República Centro Africana, e para Malakal, no Sudão, com quatro ligações semanais. As novas rotas aumentam para 60 o número de destinos internacionais da Ethiopian Airlines, dos quais 40 são em África, segundo a mesma fonte. O aeroporto de Maputo, com um novo terminal desde sexta-feira, é ligado a Lisboa através da TAP. Em África tem ligações com Nairobi, no Quénia, Dar es Salaam, na Tanzânia, Joanesburgo e Cidade do Cabo, na África do Sul, e Luanda, em Angola. Numa recente visita de empresários chineses foi anunciada para breve a abertura da rota Maputo-Xangai.

 

Fonte: Noticias Lusófonas

 

postheadericon Moçambique sobe no ranking do "Doing Business" 2011

A redução dos procedimentos para abertura de um negócio ou empresas, associada à eliminação da exigência de capital mínimo para os investimentos, fez Moçambique saltar nove lugares no “Doing Business” 2011, situando-se na 126ª posição do ranking. O resultado é optimista, mas um olhar mais profundo destaca a lentidão das  reformas. Moçambique subiu nove posições no ranking do “Doing Business” 2011, ao passar da posição 135 para a 126, num universo de 183 países, que são avaliados segundo os seus ambientes de negócios e as mudanças que implementam para melhorá-los. O relatório do Banco Mundial, lançado ontem,  explica que a subida de Moçambique deve-se às reformas efectuadas na componente de abertura de um negócio ou empresa, sobretudo pela eliminação da cobrança do capital mínimo para o efeito. Este é o segundo ano consecutivo em que Moçambique sobe no “Doing Business”, depois de ter subido cinco posições (ao passar do lugar 140 para o 135), no “Doing Business” 2010. Trata-se de um documento que avalia as reformas implementadas pelos países com vista a melhorarem os seus ambientes de negócios, no âmbito da criação de facilidades para os investidores fazerem negócios.  A propósito da criação de facilidades para os investidores actuarem, o documento (“Doing Business” 2011) faz menção ao facto de Moçambique ter reduzido os procedimentos e o tempo para a abertura de micro-empresas, sendo possível obter uma licença em apenas uma hora. Neste aspecto, o documento, que avaliou as reformas executadas pelos países em 2009/10, revela que Moçambique foi o sexto país que mais criou facilidades para abertura de um negócio, num ranking liderado pelo Peru.  

Fonte: O Pais


 

 
Ver Mais...
Faixa publicitária
Publicidade
Galeria de Eventos
  • Reabertura do Bar Espaço Moçambique

  • "Moçambique - Imagens de um país real..." - Exposiçao de Fotografia de Ana Rita Martins

  • "Comemoração do Dia 4 de Outubro, Dia da Paz em Moçambique e Dia 5 de Outubro, Implantação da Republica"

  • Encontro Sectorial Moda AESE - 28 de Novembro
    Participação de
    duas estilistas
    Moçambicanas
    (Sheila e Adélia Tique)