Get Adobe Flash player
001_Postal
002_Postal
003_Postal
004_Postal
01 (2)
01
04
05
06 (2)
06
07 (2)
07
08
09
10
11
12 (2)
12
13
14
15
18
20
21
23
23042009069
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
38
39
40
41
42
43
44
45
A-Descri��o Ilha de Mo�ambique
B-Postal Ilha de Mo�ambique
C-Ilha de Mo�ambique
D-Ilha de Mo�ambique
E-Ilha de Mo�ambique
F-Ilha de Mo�ambique
G-Ilha de Mo�ambique
Gorongosa3b
H-Ilha de Mo�ambique
I-Ilha de Mo�ambique
J-Ilha de Mo�ambique
K-Fazenda Muchelia
L-Fazenda Muchelia
M-Fazenda Muchelia
N-Fazenda Muchelia
O-Fazenda Muchelia
P-Fazenda Muchelia
Q-Fazenda Muchelia
R-Fazenda Muchelia
S-Fazenda Muchelia
T-Fazenda Muchelia
U-Fazenda Muchelia
V-Reformados da fazenda
X-A caminho da fazenda
Z- A caminho da fazenda
ZAA- Chegada a Nampula
ZAB-Viagem Nampula-Ilha
ZAC-Viagem Nampula-Ilha
ZAD-Viagem Nampula-Ilha
ZAE-Viagem Nampula-Ilha
ZAF-Viagem Nampula-Ilha
ZAG-Viagem Nampula-Ilha
Eventos APM

Novas iniciativas da APM brevemente!

Donativos

Para promover o desenvolvimento cultural, cívico, económico e social de ambos os povos português e moçambicano torna-se necessário o seu contributo, o seu donativo, seja benemérito, apoie esta Associação transfira o seu valor pequeníssimo que seja, para as contas abaixo indicadas e dê-nos, se assim o entender, os seus elementos identificativos.

Banco Espírito Santo(BES)

 

NIB

 

0007 0404 00133490007 85

 
Ficha de Inscrição

Ficha de Inscrição para Sócios

Download versão docx

Download versão Word97/2003

    
Inicio

postheadericon Notícias

postheadericon Governo moçambicano autorizado a criar taxa do turismo

O Governo vai introduzir, no próximo ano, uma taxa de turismo, a ser cobrado a todos os turistas, de forma a arrecadar receitas adicionais para desenvolver o sector. A taxa, cujo valor está ainda por definir pelo Conselho de Ministros, “vai incidir sobre o preço total de hospedagem (excluindo o IVA) e deverá ser cobrada no acto de pagamento das despesas de alojamento turístico” indica a proposta do Governo. Um dos impactos da medida será o agravamento dos custos de hospedagem no país. Para viabilizar a criação da taxa em vista, o parlamento aprovou, uma proposta que permite ao Governo, através do Ministério da Cultura e Turismo, legislar, através de decreto, acerca desta matéria. O ministro da Cultura e Turismo, Silva Dunduru, disse que a taxa vai impulsionar o desenvolvimento turístico em Moçambique, que se pretende que seja um destino preferencial e de excelência. “A dinâmica do desenvolvimento deste sector impõe que sejam tomadas providências para responder às exigências cada vez crescentes da concorrência de outros destinos turísticos regionais e internacionais, bem como da sofisticação dos gostos e experiências dos viajantes,” disse Dunduro, sublinhando a necessidade de “identificar alternativas sustentáveis para fazer face aos desafios”. A proposta que autoriza o Governo a legislar sobre a matéria dividiu as três bancadas parlamentares na sua análise. As divergências ficaram expressas no processo de votação, onde apenas a bancada da Frelimo votou a favor. A Renamo absteve-se e o MDM votou contra a medida, valendo para a aprovação a maioria da Frelimo.

Fonte: O Pais

 

postheadericon Autoridade Tributária vai reforçar combate ao contrabando de combustíveis e bebidas

A Autoridade Tributária (AT) quer reforçar o combate ao contrabando de combustíveis e de bebidas. As novas medidas deverão entrar em vigor a partir de 2017. Esta informação foi revelada, pela presidente da AT, Amélia Nakhare. No que se refere aos combustíveis, Nakhare afirma que irá iniciar um processo de marcação e identificação laboratorial do produto. A análise laboratorial irá permitir verificação da qualidade dos combustíveis, se eles têm todas as componentes químicas ou se foram adulteradas, de forma a garantir que o consumidor tenha um produto de qualidade.  “O processo de marcação de combustíveis não apenas vai permitir diminuição do contrabando de combustíveis como também vai aumentar a longevidade das viaturas e a qualidade de combustível que é usado no mercado nacional”, disse a presidente da AT.  Para o efeito, a AT deverá lançar em breve um concurso público para a selecção da empresa que fará as análises laboratoriais. Amélia Nakhare disse ainda que está em curso uma campanha de selagem de bebidas e tabaco, uma medida que visa reduzir o contrabando desses produtos.  As autoridades avançam que 60% dos produtos colocados no mercado são contrabandeados e o Estado perde, só de bebidas, cerca de 40% das receitas do imposto sobre consumo específico. A presidente da Autoridade Tributária falava durante a inauguração das instalações da Câmara dos Despachantes Aduaneiros de Moçambique, uma infra-estrutura orçada em 14 milhões de meticais. 

Fonte: O Pais

 

postheadericon Xiquitsi abre portas pelos 10 anos do Kulungwana

Do Xi ronga, uma das línguas faladas no sul do país, “Kulungwana” significa gritaria de júbilo feita por mulheres. Não é por acaso que a Associação para o desenvolvimento cultural adoptou este nome. É com bastante alegria que vê projectados os sonhos de artistas que têm nesta plataforma a oportunidade de se dar a conhecer. É disso exemplo, o projecto de coro e orquestra Xiquitsi que, vai escancarar as portas do Teatro Scala para cantar e tocar em homenagem aos 10 anos que a Associação Kulungwana celebra este ano. Trata-se de um projecto que visa a integração e inserção social, bem como capacitação profissional por intermédio do ensino colectivo de música, iniciando desta maneira a formação daquela que será a primeira Orquestra Juvenil de Música Clássica em Moçambique. Esta iniciativa representa uma possibilidade de mudança na vida de jovens e crianças que, através da prática colectiva de música, adquirem ferramentas essenciais para o desenvolvimento pleno das suas capacidades. Para garantir uma formação de elevado nível com um acompanhamento contínuo e de qualidade, Maputo conta com dois professores formados, capacitados e experientes na área do ensino colectivo. Estes músicos e professores dão aulas diárias a jovens e crianças entre 6 e 25 anos, que terão e estarão em contacto directo com os músicos convidados nas Temporadas de Música Clássica de Maputo durante os workshops, ensaios e concertos. O espectáculo é gratuíto. O que acontece só pela efeméride.

Fonte: O Pais

 
Ver Mais...
Faixa publicitária
Publicidade
Galeria de Eventos
  • "Comemoração do Dia 4 de Outubro, Dia da Paz em Moçambique e Dia 5 de Outubro, Implantação da Republica"

  • Encontro Sectorial Moda AESE - 28 de Novembro
    Participação de
    duas estilistas
    Moçambicanas
    (Sheila e Adélia Tique)

  • "Escritaria 2011- Mia Couto com a participção da APM"!

  • Workshop Culinário da Tia Orlanda no Espaço Moçambique!